Sábado, 31 de Janeiro de 2009

CHOVO

 

 

 

 

CHOVO

 

Com cinco letrinhas apenas

 Eu escrevo um poema inaudito

Quebrando todas as regras

Do gramatical bem dito

 

CHOVO

 

Com cinco letrinhas apenas

Eu escrevo um poema completo

Clamando tudo o que sinto

No meu novo dialecto

 

CHOVO

 

Caem meus versos na terra

A refrescarem o espanto

De noites e dias sem par

Floresce no céu meu canto

 

 

 

 **************

  

(Joakim Paz  : texto e digital-art)

 

 

 

 

 

 

 

publicado por joakimpaz às 23:22

link do post | favorito
Comentar:
De
( )Anónimo- este blog não permite a publicação de comentários anónimos.
(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.posts recentes

. AMORARTE

. LINHA GENERATIVA

. BREVE HISTORIA TRANSATLAN...

. FRAGIL FILIGRANA

. UM SORRISO EM FLOR

. .......

. CAUSA UNICA

. AR PURO

. Do fascinio da agua

. AGRICULTURA CELESTE

.arquivos

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Abril 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Novembro 2007

. Maio 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.links

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds